DOI:https://doi.org/10.3232/RHI.2016.V9.N1.03

A escrita da História das ciências na América Latina e seus debates

Márcia Regina Barros da Silva

Resumen

O objetivo deste artigo é acompanhar como dada parcela de autores que
publicou na Revista Latinoamericana de História de las Ciencias y la Tecnologia
– Quipu, conformou determinada identidade coletiva para os historiadores
das ciências latino-americanos. Ao utilizarem conjuntamente argumentos que
apontavam para qualidades e características próprias às histórias das ciências
da América Latina tais autores anunciaram opções historiográficas, assim como
o uso “programático” da documentação primária, como proposta de superação
de antigas interpretações explicativas sobre o funcionamento das ciências nos
países de tradição colonial. Esse movimento se relacionou às grandes mudanças
que ocorreram na historiografia dos estudos de ciências nos anos 1980 e 1990,
principal período de circulação da revista, o que torna os artigos publicados
em Quipu também eles documentação histórica, que permite compreender
a apropriação dos estudos de ciência nos países latino-americanos naquele
período.
Vistas: 384
Descargas PDF: 495

 




Con el mecenazgo de
Universia
Avda. de Cantabria, s/n - 28660, Boadilla del Monte
Madrid, España
EMail: info@sjss.universia.net